Languages

Dando continuidade aos cursos de capacitação oferecidos pelo PPBio/CENBAM e PELD, foi realizado entre os dias 01 e 06 de outubro de 2012 o Curso Básico RAPELD e Monitoramento da Biodiversidade. 
 
O curso ocorreu na Reserva Florestal Adolpho Ducke, contou com apoio da WCS e a participação de 20 pessoas do IBAMA, ICMBio, Fundação Florestal, Prefeitura de São Paulo, PPBio São Gabriel da Cachoieira, PPBio Santarém, Universidade Federal do Acre, empresas de consultoria, organizações não governamentais e estudantes. O curso teve como objetivo o entedimento da filosofila e aplicação do método RAPELD.
 
 
Ministrado pelos pesquisadores Flávia Costa (PPBio/INPA), William Magnusson (PPBio/INPA) e Albertina Lima (PPBio/INPA), o curso abordou temas como: diversidade beta, complementariedade, significado de ausência de uma espécie, conceitos de detecção, estimativas de densidade de uma espécie baseado em distâncias e alvos para monitoramento da biodiversidade. 
 
Os participantes fizeram visitas as trilhas RAPELD, parcelas de distribuição uniforme, aquáticas e ripárias. Para que os participantes aprendessem as potencialidades dos diferentes tipos de unidades amostrais, foram feitas práticas em campo que abordaram a amostragem de plantas e animais em parcelas RAPELD de distribuição uniforme, amostragem em parcelas RAPELD aquáticas e amostragem nas trilhas.
 
Veja no canal do PPBio no YouTube o video do curso:
 

Para fazer download do video, clique aqui.

 

Crédito das fotos: Fernanda Coelho e Leonardo José da Cruz Sousa

Aconteceu na Reserva Ducke o Curso básico de Método RAPELD e monitoramento da biodiversidade