Entre os dias 17 e 20 de maio de 2011 aconteceu em Manaus o Curso Básico de Método RAPELD e Monitoramento da Biodiversidade, oferecido pelo PELD e PPBio/CENBAM.
 
O curso foi realizado Reserva Florestal Adolpho Ducke e contou com a participação de gestores do ICMBio, Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Manaus, representantes de empresas de consultoria, representantes do Programa de Pesquisa de Biodiversidade; do Cerrado (COM-Cerrado) e estudantes. Teve como objetivo o treinamento para entender a filosofia e aplicação do método RAPELD (ver em Componentes Iinventários).
 

Os instrutores Flávia Costa (PELD-PPBio/INPA) e William Magnusson (PELD-PPBio/INPA) abordaram temas como a construção de tabelas de dados e documentação de metadados, complementaridade de espécies, ausências falsas, alvos para monitoramento da biodiversidade e estimativas de densidade. Além disso, foram realizados exercícios práticos em parcelas permanentes terrestres, parcelas aquáticas e em trilhas, para que os participantes pudessem entender as potencialidades de cada tipo de unidade amostral.
 

O PPBio vem promovendo cursos de capacitação para os funcionários de agências ambientais e outros interessados no estudo da biodiversidade desde 2009 (Treinamento PPBio). Este ano o PELD se uniu a esta iniciativa e apoiou a realização deste curso e também do Curso de Instalação de Módulos e Parcelas RAPELD.

Confira o material didático do curso.

Veja todas as fotos do curso no álbum online do PPBio.

Fonte: http://peld.inpa.gov.br/capacitacao/monitoramentoRAPELD

PELD e PPBio/CENBAM Promovem Curso básico de Método RAPELD e monitoramento da biodiversidade