Localizada a 23 km da capital, no município de Porto Acre, esta área inicia-se às margens da AC 010, extende-se por quase 13 km até as margens do rio Acre, totalizando 2000 ha cobertos, predominantemente, por floresta aberta com bambu. Assim como a Fazenda Catuaba, esse sítio também é um fragmento florestal alvo de estudos de longo prazo, e mantém uma infra-estrutura mínima para pesquisadores e alunos. A partir da rodovia, um ramal de 3 km dá acesso até o alojamento, onde há energia, sinal da operadora Vivo, três quartos (cada qual com três camas), dois banheiros, sala/cozinha, depósito e varanda que podem ser ocupadas com redes.

Reserva Florestal Humaitá