Acontecerá na Reserva Ducke, entre 12 a 17 de janeiro  de 2016  o curso: “Monitoramento de grupos alvos”  promovido pelo  Centro de Estudos Integrados da Biodiversidade Amazônica (CENBAM). O curso será ministrado para alunos e professores do curso de Ecologia Tropical da Universidade de Salford na Inglaterra. O curso está dividido em duas partes sendo que a primeira será na Reserva Ducke e tratará de métodos e técnicas adotados pelo Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) para  monitorar  árvores,  primatas, samambaias  e  peixes.  Também  será testado  um aplicativo desenvolvido pelo EU BON para identificar os anfíbios da reserva Ducke. O curso  será coordenado e ministrado pelo  Dr. William Magnusson  e contará com a presença da Dra. Flávia Costa,  do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA/MCTI) da Msc. Claudia Gemaque, do engenheiro Timothy Vincent (CENBAM) e  dos monitores  Msc  Jefferson Vaslko  e  Emilio Manabu Higashikawa  e  Maria Aparecida de Freitas (CENBAM). Além do curso de  campo os alunos  visitarão  algumas coleções biológicas (insetos, mamíferos e plantas) do Instituto Nacional de pesquisas da Amazônia (INPA), o museu da Amazônia (MUSA). A segunda parte do curso começa no dia 18 e se estenderá até o dia 24 de janeiro e será feita por barco onde serão abordados aspectos das unidades de conservação do baixo Rio Negro.  
 
Texto: Maria Aparecida de Freitas.

CENBAM/PPBio promove Curso "Monitoramento de Grupos-alvos" na Reserva Ducke.